Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
12/4 - Orquestra 12 de Abril e Convidados

12/4 - Orquestra 12 de Abril e Convidados

Música & Festivais | Concerto

Centro de Artes de Águeda

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2018
abr
06
a
2018
abr
07
Realizado

Duração

75 minutos

Abertura Portas

21:00

Produtor

Sociedade Recreativa e Musical 12 de Abril

Sinopse

A Orquestra Filarmónica 12 de Abril, com mais de 90 anos, tem sido uma inegável influência para muitas congéneres, quer organizacional, quer no que concerne ao repertório pioneiro que executa. Aposta na variedade e versatilidade das suas obras, transversais aos mais variados estilos: erudito, popular, clássico, contemporâneo, ligeiro ou jazz.

Neste contexto, deu início, em 2014, a um projeto em colaboração com cantores de renome nacional, que resultou em concertos com Luís Portugal (Jafumega), Jorge Palma, Sérgio Godinho e Manuela Azevedo(Clã).

Os arranjos musicais feitos especialmente para o efeito por (e sob a direção de) Luís Cardoso, criaram espetáculos únicos com estes artistas, marcados pela imponência e riqueza sonora de uma orquestra de 70 músicos e pela singularidade das suas grandes vozes.

A 6 e 7 de Abril de 2018, pelas 21h30, o Centro de Artes de Águeda acolherá no seu palco a Orquestra 12 de Abril e todos estes convidados para uma apresentação única: Luís Portugal (munido de um timbre e musicalidade que marcaram a década de 80), Jorge Palma (um dos mais reconhecidos compositores e intérpretes portugueses), Sérgio Godinho (ícone capaz de reunir à volta das suas canções gerações de diferentes idades, vivências e aspirações) e Manuela Azevedo (voz inconfundível e presença poderosa na música portuguesa).

Esta será uma oportunidade ímpar de reunir no mesmo palco estes artistas incontornáveis da música nacional, a solo, em duetos e noutras combinações, sempre acompanhados pela Orquestra Filarmónica 12 de Abril, numa simbiose que dificilmente sairá da memória do público e num ambiente intimista, quase irrepetível.

Partilhar