Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
SR. NINGUÉM

SR. NINGUÉM

Teatro & Arte | Teatro

São Luiz Teatro Municipal

Sala Mário Viegas
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
out
22
a
2018
out
28
Realizado

Duração

1 minutos

Promotor

EGEAC, Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural

Sinopse

No início, um jornal. Que as crianças folheiam, onde identificam notícias, umas insólitas, outras mais mundanas, e a partir do qual fazem uma escolha: que histórias escutar? A primeira grande decisão do leitor e a primeira grande decisão dos espectadores de Sr. Ninguém, de Gustavo Vicente. As notícias, essas, não são sobre a atualidade jornalística. São histórias intemporais, quase todas recolhidas e adaptadas de Rosas de Atacama, de Luís Sepúlveda. Nelas fala-se de homens, mulheres e até de um cão! que se recusam a ceder, que resistem inconformados, que fazem pequenas revoluções anónimas. Não é para isto que os jornais servem? Para mostrar porque é que a vida merece ser vivida? Os jornais impressos parecem coisas de outro tempo, materiais em desuso, para os quais as novas gerações olham desconfiadas, desinteressadas. Que relação têm as crianças de hoje com as notícias? Em que momento, e de que forma, entram nas suas vidas? Há uma idade para começar a ler jornais? Para se ler sobre o que se passa no mundo? Não basta s-a-b-e-r ler?

Criação e interpretação: Gustavo Vicente; Movimento e apoio à dramaturgia e figurinos: Ainhoa Vidal; Apoio à dramaturgia: Inês Rosado; Cenografia: Carla Martinez; Direção musical: Pedro Gonçalves; Música ao vivo: Gabriel Ferrandini¸ Desenho de Luz: João Cachulo; Produção executiva: Célia Costa

Coprodução: Teatro Municipal do Porto e São Luiz Teatro Municipal

Partilhar