Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Música de Câmara 18.19 - 29 de Mar.

Música de Câmara 18.19 - 29 de Mar.

Música & Festivais | Concerto

Teatro Nacional S. Carlos

Salão Nobre
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2019
mar
29
Realizado

Duração

60 minutos

Promotor

OPART - Organismo de Produção Artística, EPE

Breve Introdução

Programa de homenagem ao Classicismo Vienense e essencialmente preenchido com obras de dois dos seus máximos representantes: Joseph Haydn (1732-1809) e Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791). O primeiro, que nos quartetos de cordas e sinfonias deixou exemplos modelares de forma clássica, dedicou-se, como qualquer compositor do seu tempo, ao domínio da lírica italiana e a sua obra neste campo tem vindo a ser contínua e felizmente revisitada. Poderemos ouvir a Abertura da ópera Il mondo della luna, baseada num libreto de Goldoni e estreada sob a direção do próprio compositor em 1777. Esta Abertura seria reutilizada anos mais tarde no andamento de uma obra sinfónica. Recuaremos nove anos, até 1768, para ouvirmos, também de Haydn, a Sinfonia nº 49 (ele escreveu 106!). Foi subintitulada La Passione alguns anos depois da estreia e não pelo compositor.

De Mozart, que teve na produção lírica um dos mais extraordinários cumes da sua atividade criativa, poderemos ouvir excertos da música de bailado escrita para uma das óperas que recentemente subiu aos nossos palcos: o Idomeneo.
Do Triunvirato que forma a I Escola de Viena faltará Beethoven, mas ele está de algum modo presente na obra de Johannes Brahms (1833-1897), compositor romântico que sempre elegeu o autor da Heróica como mestre absoluto. A ligação de Brahms a esta tradição clássica vienense está, no entanto, bem patente na homenagem presente no título da obra que teremos a encerrar o programa: as Variações sobre um tema de Haydn, op. 56 a.

Ficha Artística

Sinfonia Nº 49 em Fá menor, La Passione
Joseph Haydn [1732-1809]

Idomeneo: Ballet Music, K. 367
Wolfgang Amadeus Mozart [1756-1791]

Variações sobre um tema de Haydn, OP. 56a
Johannes Brahms [1833-1897]

Direção Musical: Diogo Costa

Orquestra Sinfónica Portuguesa
Joana Carneiro maestrina titular

Informações Adicionais

O Teatro Nacional de São Carlos informa que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 23/2014, de 14 de fevereiro, os espetáculos de música e dança são destinados a maiores de 6 anos.

O Teatro Nacional de São Carlos informa, ainda, que não é permitida a entrada nas salas de espetáculos a crianças com idade inferior a 3 anos de acordo com o Decreto Lei nº. 116/83, de, 24 de fevereiro.

Não é permitido comer ou beber dentro das salas.

-
Partilhar

Serviços Adicionais