Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
TRILOGIA DAS BARCAS

TRILOGIA DAS BARCAS

Música & Festivais | Ópera

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2020
abr
03
a
2020
abr
05

Próxima Sessão

03 abr 2020 20:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

150 minutos

Promotor

OPART - Organismo de Produção Artística, EPE

Breve Introdução

Lisboa, Teatro Nacional de São Carlos
3 ABR 2020 ás 20H, 5 ABR 2020 ás 16H

TRILOGIA DAS BARCAS
de Joly Braga Santos [1924-1988]

Direção Musical - Joana Carneiro
Encenação - Luca Aprea
Cenografia - Fernando Ribeiro

Anjo - Carla Caramujo
Diabo - Luís Rodrigues
Companheiro do Diabo - Mário Redondo
Florença / Marta Gil - Maria Luísa de Freitas
Brizida Vaz / Morte - Cátia Moreso
Fidalgo / Conde - Marco Alves dos Santos
Frade / Taful / Cardeal - João Terleira
Parvo / Bispo - João Pedro Cabral
Onzeneiro / Rei - João Merino
Sapateiro / Imperador - Ricardo Panela
Corregedor / Arcebispo - Diogo Oliveira
Enforcado / Duque - Tiago Matos
Procurador / Lavrador / Papa - André Henriques

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
Orquestra Sinfónica Portuguesa

À BARCA, QUE TEMOS GENTIL MARÉ!

Trilogia das Barcas de Joly Braga Santos, que tem como base literária os Autos das Barcas (Inferno, Purgatório e Glória) de Gil Vicente, continua a ser a mais representada ópera de um compositor português do século XX. Teve a sua estreia em 1970 no decorrer do XIV Festival Gulbenkian de Música.
Apresenta-se-nos aqui uma alucinada procissão que procura ilustrar todos os vícios, erros ou virtudes humanos. Assim, do Papa ao Sapateiro, vemos desfilar Brízida Vaz (Alcoviteira), o Bispo, o Fidalgo, o Onzeneiro, o Cardeal, o Rei, a Criança, o Parvo, o Imperador, o Procurador, etc. Após a morte, todos vêm prestar contas ao Diabo e ao Anjo, esperando a decisão destes sobre o destino da sua viagem. A Morte tem também poderosa intervenção.
A Trilogia das Barcas foi estreada em São Carlos em 1979 sob a direção do compositor. A frente musical da presente produção será defendida por Joana Carneiro.

Nova Produção

MPMP Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa

Informações Adicionais

O Teatro Nacional de São Carlos informa que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 23/2014, de 14 de fevereiro, os espetáculos de música e dança são destinados a maiores de 6 anos.

O Teatro Nacional de São Carlos informa, ainda, que não é permitida a entrada nas salas de espetáculos a crianças com idade inferior a 3 anos de acordo com o Decreto Lei nº. 116/83, de, 24 de fevereiro.

Não é permitido comer ou beber dentro das salas.

Preços

  • Plateia - 10€ a 40€
  • Balcão 3ª Esq - 10€ a 30€
  • Balcão 3ª Dir - 10€ a 30€
  • Balcão 4ª Esq - 10€ a 20€
  • Balcão 4ª Dir - 10€ a 20€
  • Frizas Esq - 30€
  • Frizas Esq - 40€
  • Frizas Dir - 30€
  • Frizas Dir - 40€
  • Cam 1ª Esq - 30€
  • Cam 1ª Esq - 40€
  • Cam 1ª Esq - 40€
  • Cam 1ª Dir - 30€
  • Cam 1ª Dir - 40€
  • Cam 1ª Dir - 40€
  • Cam 1ª Dir - 40€
  • Cam 2ª Esq - 20€
  • Cam 2ª Esq - 30€
  • Cam 2ª Esq - 30€
  • Cam 2ª Dir - 20€
  • Cam 2ª Dir - 30€
  • Cam 2ª Dir - 30€
  • Cam 3ª Esq - 10€
  • Cam 3ª Esq - 20€
  • Cam 3ª Esq - 20€
  • Cam 3ª Dir - 10€
  • Cam 3ª Dir - 20€
  • Cam 3ª Dir - 20€
  • Cam 4ª Esq - 10€
  • Cam 4ª Esq - 10€
  • Cam 4ª Dir - 10€
  • Cam 4ª Dir - 10€

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda: