Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
CONSUBSTANTIATION de Dinis Machado

CONSUBSTANTIATION de Dinis Machado

Teatro & Arte | Dança

Galeria Zé dos Bois

Galeria
Classificação Etária
Maiores de 16 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2020
set
17

Sessão

17 set 2020 19:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

180 minutos

Promotor

Associação Zé dos Bois

Sinopse

Em Abril, Dinis Machado estará na ZDB em residência para criação de um novo solo: Yellow Puzzle Horse. Nos dias 10 e 11, pelas 19h, teremos a oportunidade de ver a sua peça Consubstantiation.

CONSUBSTANTIATION é um Drag show estranho. Deslocando-se de uma perspectiva de género e de identidade sexual binários, a performance desenvolve-se a partir da criação de um imaginário de “um espaço entre”, tanto sexual como de género, e da sua personificação: um corpo humano que se aproxima de um género-objecto.

Abraçando o ser-objecto como uma mandala para um género esbatido, uma figura entra num processo simultâneo e paradoxal de auto-objectificação e desaparecimento somático (cancelamento de sua subjectividade). Dinis Machado procura um imaginário de género paralelo, estrangeiro às estéticas sedimentadas de representação queer num imaginário pop mainstream. Um exercício de deslocamento onde: figurinos com glitter dão antes lugar a processos de hacking do corpo com objectos geométricos de materiais concretos; coreografias estilizadas dão lugar a territórios de movimento inomináveis; canções pop dão lugar a narrativas de identidade plurais e esbatidas cantadas como uma ópera dodecafónica, que produzem mais uma ficção incompleta do que uma legitimação narrativa do eu. Esta figura investe em condicionamentos e deformações do seu corpo sem nome, encontrando na materialidade, geometria e plasticidade um processo de questionar o corpo e a sua própria representação antropomórfica e, assim, reivindicar um corpo de uma materialidade queer: que se recusa a consubstanciar uma heterossexualidade linear, masculina e antropomórfica, e se recusa paradoxalmente também a abandoná-las.

Ficha Artística


Música original de Birt Berglund (SE) com teatro sonoro de Eva Staaf (SE) e vozes Rachel Tess (SE/US), Mariana Suikkanen Gomes (SE/BR) e Dinis Machado sobre testemunhos de gravidez de Elisabete Finger (BR/DE) e Hanna Kangassalo (SE/FI) e leitura astrológica de Irina Ponieman (AR).

Olhar e acompanhamento de Vicky Malin (UK), Jorge Gonçalves (PT/DE), Kate Marsh (UK), Mandi Tiukkanen (SE/FI), Catherine Hoffmann (UK), Gareth Cutter (UK), Flora Wesllesley Wesley (UK)

Uma produção BARCO (SE). Co-produzido por Weld (Estocolmo, SE), METAL (Peterborough, Reino Unido), Dance4 (Nottingham, Reino Unido) e CND Center National de la Danse (Paris, FR). Criado em residência no PACT Zollverein (DE), O Espaço de Tempo (PT), METAL (Peterborough, UK), Dance4 (Nottingham,UK), Vitlycke - Centro de Artes Performáticas (SE), MARC (SE), Weld (SE ), CND Center National de la Danse (FR), Mira - Artes Performativas (PT). Com o apoio de Kulturrådet (SE), Konstnärsnämnden (SE) e Arts Council England (UK).

Abertura de Portas

18h00

Preços

  • Entrada - 7,50€

Descontos

  • Estudantes em grupo

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Luís Severo (banda)

Música & Festivais | Concerto

Galeria Zé dos Bois

Galeria

Big ‡ Brave

Música & Festivais | Concerto

Galeria Zé dos Bois

Galeria