Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Orquestra Sinfónica Portuguesa

Orquestra Sinfónica Portuguesa

Música & Festivais | Clássica

Fórum Luísa Todi

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
jan
13
Realizado

Duração

90 minutos

Abertura Portas

21:00

Promotor

Câmara Municipal de Setúbal

Breve Introdução

A IV Temporada Sinfónica de Setúbal apresenta a Orquestra Sinfónica Portuguesa, que interpreta, sob a direção musical de Emilio Pomàrico, obras de Beethoven e de Dvorák.

O lugar de maestrina titular é ocupado por Joana Carneiro e, no piano, atua o solista Denis Kozhukhin.

Programa

Há mais de 200 anos que o Concerto para Piano n.º 4 em Sol maior, Op. 58, de Ludwig van Beethoven (1770-1827), interpretado pelo próprio compositor aquando da sua estreia em Viena em 1808, é amado tanto por solistas, como pelo público.

Dos cinco concertos que o mestre de Bona escreveu para piano entre 1795 e 1809, este é considerado por muitos o melhor de todos eles.

Começar um concerto com uma exposição quase sussurrada do piano era, para os cânones musicais de então, algo de inédito e ousado, enquanto o andamento lento resume-se a um diálogo filosófico entre o piano e a orquestra, tornando-o um dos mais belos andamentos de toda a literatura concertística.

A Sinfonia n.º 8 em Sol maio, Op. 88, de Antonín Dvorák (1841-1904), foi escrita em 1898 como agradecimento do compositor pela sua eleição para a Academia das Artes e das Ciências de Praga.

Dedicada a Francisco José, imperador da Áustria, a obra, dirigida pelo compositor, estreou-se em Praga no ano seguinte.

Em contraste com as restantes sinfonias Dvorák escreveu nove a Singonia n.º 8 diferencia-se sobretudo pela sua escrita alegre e otimista.

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Salsa: de Cuba a Nova Iorque

Teatro & Arte | Dança Latina

Fórum Luísa Todi

Sala Principal