Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
TELECTU Belzebu

TELECTU Belzebu

Música & Festivais | Concerto

Maria Matos T. M.

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2018
jun
15
Realizado

Duração

60 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

EGEAC, Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural

Sinopse

Em 1983, o duo Telectu escreveu uma importante página da nossa história musical ao compor e editar Belzebu, a primeira obra minimal-repetitiva feita em Portugal. Em 2018, recuamos todos 35 anos para celebrá-la com a solenidade e importância que merece: primeiro, com a reedição em vinil da versão corrigida pelos autores; depois, na sala do Teatro Maria Matos, com este concerto miraculoso que traz a música e as imagens de Belzebu, na íntegra, para os nossos dias. Com o desaparecimento de Jorge Lima Barreto em 2011, Vitor Rua decidiu convidar António Duarte (cofundador do projeto musical e multimédia DWART em 1985) para reativar Telectu e colocar em prática o plano de reinterpretar algumas das suas obras mais iconográficas. Além de ter acompanhado e participado na carreira musical de Telectu, António Duarte foi adquirindo os instrumentos musicais e adereços relativos às diversas fases do duo, sendo por isso possível ouvirmos Belzebu na sua mais fiel reprodução, e também ver os dispositivos visuais utilizados nos concertos de 1983. Numa altura em que surge um novo e impressionante interesse internacional pela música e discografia dos Telectu, assistir à interpretação de Belzebu nos dias de hoje reafirma a importância do legado deixado por Jorge Lima Barreto e Vitor Rua, recuperando um dos momentos mais marcantes e definidores da nova música em Portugal.

Partilhar

Serviços Adicionais