Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
CAIXA PARA GUARDAR O VAZIO

CAIXA PARA GUARDAR O VAZIO

Teatro & Arte | Dança

Teatro Viriato

Foyer
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2019
out
19
a
2019
out
26
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

75 minutos

Promotor

Centro Artes Espectáculo de Viseu, Assoc. Cult. Pedag.

Sinopse

Caixa para Guardar o Vazio é uma escultura, matéria e forma, mas também acontecimento. Constitui-se como um lugar para explorar com o corpo e todos os sentidos numa experiência de descoberta, individual ou coletiva. A escultura que aparece como uma caixa fechada é ativada pelos corpos de dois bailarinos, que dialogam entre si e com o público, através de movimento e voz, levando todos a olhar, a dançar, a interpretar, a descobrir e a sentir. De fora para dentro e de dentro para fora, a escultura abre-se, dobra-se, desdobra-se, expande-se e prolonga-se no nosso corpo, que inventa espaço. O corpo é o último lugar. A escultura é uma multiplicidade de vistas, de movimentos, de gestos, implicada nas suas múltiplas aberturas, assim como implica as pessoas nas múltiplas possibilidades de movimento. A combinação dos dois é o todo.

Caixa para Guardar o Vazio, que se distingue pelo seu carácter performativo e enfoque pedagógico, estreou em 2005, no Teatro Viriato. O ato criador, em si, e a cumplicidade de várias estruturas culturais a nível nacional fazem de Caixa para Guardar o Vazio um projeto de referência do trabalho pedagógico no contexto das artes performativas.

Ficha Artística

Autoria Fernanda Fragateiro
Colaboração Filipe Meireles
Coreografia Aldara Bizarro
Bailarinos a definir
Parceiro Abyss & Habidecor
Produção Teatro Viriato

Um projeto de Fernanda Fragateiro
para o Teatro Viriato, estreado em 2005, com a coprodução de A Oficina, Teatro Aveirense, Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Teatro Municipal da Guarda e Centro Cultural de Belém
Mecenas da reposição de Caixa para Guardar o Vazio (2019)
BPI Fundação La Caixa e Patinter

Preços

  • Geral - 4€

-
Partilhar
Pólo Teatro Viriato - Homem
Pólo Teatro Viriato - Homem CAE Viseu - A.C.P. 100% Algodão penteado • gola e parte inferior das mangas em canelado • fita de reforço na gola Estilo : CLÁSSICO Mais Info Comprar
Revista Boa União 2
Pólo Teatro Viriato - Senhora
Pólo Teatro Viriato - Senhora CAE Viseu - A.C.P. Pólo piquet • 100% Algodão penteado • gola e parte inferior das mangas em canelado • fita de reforço na gola Estilo : FEMININO Corte justo- Carcela com botões da mesma cor - corte direito na parte inferior do artigo com aberturas laterais - cortado e cosido Mais Info Comprar
Estojo porta-lápis
Revista Boa União 4
Revista Boa União 1

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Pólo Teatro Viriato - Homem

Merchandising

CAE Viseu - A.C.P.

Revista Boa União 2

Livros

CAE Viseu - A.C.P.