Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
E o Estado não é de quem manda? | Folha de Medronho

E o Estado não é de quem manda? | Folha de Medronho

Teatro & Arte | Teatro

Cine-teatro Louletano

Cidade
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2019
jul
11
Realizado

Duração

60 minutos

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Câmara Municipal de Loulé

Sinopse

Co-produção: Folha de Medronho - Artes Performativas/Cine-Teatro Louletano
(no âmbito da Bolsa de Apoio ao Teatro 2019 da Câmara Municipal de Loulé)

"Na montagem de 'E o Estado não é de quem manda? - variações sobre Antígona e textos do quotidiano', interessou-nos na obra seminal de Sófocles a reflexão sobre conflitos fundamentais da existência humana em sociedade, designadamente entre a razão de Estado e as liberdades individuais.

Interessou-nos também a ausência de maniqueísmos, assim como a contestação feminista à ordem política machista da Grécia antiga (mesmo nas cidades mais democráticas como Atenas): toda a contestação é protagonizada por uma mulher.

Interessou-nos e motivou-nos a projecção do eixo temático no nosso quotidiano, procurando o real (ou a actualidade) no contemporâneo.

A reflexão sobre os conflitos e a ausência de maniqueísmos impeliu-nos à construção de um espectáculo em que a malha dramatúrgica se foi tecendo ao ritmo da pesquisa dos actores em palco (experienciando formas de representação) e da recusa de percursos estéticos normalizados/caucionados, antes induzindo a procura de trilhos estéticos interpelantes, em linha com o confronto Antígona-Creonte."

Autoria: a partir de Sófocles e textos do quotidiano / Dramaturgia: António Sofia e João de Mello Alvim / Encenação: João de Mello Alvim / Assistência de encenação: António Sofia / Apoio vocal: Sara Mendes Vicente / Elenco: Alexandra Diogo, Mariana Teiga e António Sofia / Coro: Armando Correia, João Caiano e Tápê / Figurinos e espaço cénico: João de Mello Alvim / Desenho de luz: António Sofia / Fotografia: Henrique Lopes / Vídeo: Ray Duarte (Bonny) / Produção: Alexandra Mello Alvim (direcção); António Sofia e Mariana Teiga / Apoio: Tiago Leal (Agrupamento de Escolas Tomás Cabreira - Faro)

Preços

Preço único: 5 €

[lotação limitada]

-
Partilhar
Cartão de Amigo