Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
CONCERTO PIANO SOLO COM ADRIANO JORDÃO

CONCERTO PIANO SOLO COM ADRIANO JORDÃO

Música & Festivais | Música

Museu do Oriente

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2020
abr
18
Cancelado

Duração

75 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Fundação Oriente

Sinopse

O pianista Adriano Jordão (Angola, 1946) estudou com Helena Sá e Costa, foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian em 1967 nos Estados Unidos e após completar o curso superior no Conservatório Nacional de Lisboa, com a maior distinção, em 1969, continuou os seus estudos em Paris , sob a orientação de Yvonne Lefébure.
Ganhou numerosos prémios em competições nacionais e internacionais, destacando-se o 1º lugar no Concurso Internacional de Debussy, e apresentou-se em concerto por todo o mundo. Nos Estados Unidos, actuou no prestigiado Lincoln Center com a New Orchestra of Boston sob a direcção de David Epstein e ainda no Carnegie Hall, sob a direcção de John Neschling.
A somar a estas contam-se outras apresentações com importantes maestros portugueses e estrangeiros, como Alain Lombard, Sandor Végh, Claudio Scimone, Van Remoortel, Richard Treiber, Christian Mandeal, Horia Andreescu, Peter Feranec, Nicholas Kremmer e Nicholas Braithwake. Apaixonado pela voz humana, Adriano Jordão colaborou com grandes estrelas mundiais do canto como Ileana Cotrubas, Peter Schreier, Teresa Berganza, Katia Ricciarelli, Julia Hamari, Lella Cuberli e Alfredo Kraus.
Foi o fundador e diretor artístico do Festival Internacional de Música de Macau nos seus primeiros cinco anos, bem como diretor artístico de prestigiadas iniciativas, tais como o festival da Casa de Mateus, Festival dos Açores, Festival de Música de Sintra e deste a sua fundação, em 2016, é o director do Festival Internacional de Música de Mafra.
Agraciado com o título de Oficial da Ordem das Artes e das Letras pelo Governo Francês, e a Medalha de Mérito da Ordem Soberana de Malta, entre outras distinções, foi Adido Cultural de Portugal em Brasília (2004 a 2011) e vogal do Conselho de Administração do Teatro Nacional de São Carlos (2013 a 2016)

Deslocou-se em Outubro de 2016 a Macau, onde esteve a convite do Governo de Macau para participar na XXX edição do Festival Internacional de Música de Macau, festival que fundou em 1986.
Em 2017 apresentou-se em recital e com orquestra na Tailândia, em Marrocos no Brasil e em Istambul a convite das Nações Unidas comemorando o Dia Internacional da Mulher. Ainda em 2017 realizou uma digressão com o Quarteto Arabesco por várias cidades do nosso país,
Em 2018 regressou ao Brasil e foi convidado a apresentar-se em vários Festivais em Portugal.

Em 2019 celebrou os seus cinquenta anos de carreira com concertos em Macau e a deslocação aos Açores, ao Teatro Micaelense, assumiu particular destaque pois realizou-se na exacta data que assinalou, oficialmente, o inicio da sua vida profissional; seguiram-se vários concertos e recitais em Portugal continental, concertos com orquestra no Rio de Janeiro e em Brasília, no Brasil e em ainda em Marrocos

Em Outubro de 2019, na Igreja de São Roque em Lisboa, culminou ainda uma importante digressão que se iniciou em 2017 e 2018 com o Coro Gulbenkian, onde tocou como solista na Petite Messe Solennelle de Rossini, tendo sido dirigido, em todos os concertos, pelo maestro Michel Corboz.
Mantém, a par da sua carreira como pianista, e sua actividade como Director Artístico do Festival Internacional de Música de Mafra, que este ano celebrará a sua V edição.

Programa / Cartaz

Carlos Seixas Três Sonatas
Lá menor
Dó Maior
Ré Maior

Joseph Haydn Sonata nº 48 em Dó Maior
Andante com espressione
Rondó Allegro

Ludwig van Beethoven Sonata op.13 Patética
Grave Allegro di molto e com brio
Adagio cantabile
Rondó Allegro

J.S. Bach/F. Liszt Prelúdio e Fuga em Lá menor
(transcrição de órgão)

Preços

  • Plateia - 12€

Descontos

  • maior 65
  • menor 30

Transportes Públicos

Autocarros e eléctricos
Av. 24 de julho - 15E, 18E, 728, 732, 760
Av. Infante Santo - 720, 738
Av. de Ceuta - 712, 713, 714, 727, 742, 751 e 756

Comboios
Linha de Cascais (Estação de Alcântara) *
Linha da Azambuja (Alcântara-Terra)
* Na estação de Alcântara existe uma passagem subterrânea para peões com saída junto ao Museu.

Estacionamento

Parque público junto ao Museu.

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Nidra Com Yoga, ao Final da Tarde

Formação & Educação | Educação

Museu do Oriente

Sala do Serviço Educ