Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Bodas de Sangue

Bodas de Sangue

Teatro & Arte | Teatro

Teatro do Bairro

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2021
abr
20
a
2021
abr
30
Realizado

Duração

90 minutos

Abertura Portas

18:30

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Ar de Filmes

Breve Introdução

Bodas de Sangue é o último dos três espetáculos de Federico García Lorca que António Pires encena na Trilogia Dramática da Terra Espanhola. Um ciclo que António Pires encarou como se de um único corpo artístico, dramático e trágico, se tratasse, assegurado pelo mesmo elenco.

Absolutamente convicto da necessidade de um regresso à atmosfera trágica mediterrânica no seu projeto dramatúrgico, Lorca adiantou ao público, nas suas últimas entrevistas, os títulos das três obras que o efectivariam: Bodas de Sangue, Yerma e A Destruição de Sodoma. As duas primeiras figuram, hoje, entre as suas obras-primas. Bodas de Sangue é a tragédia da infidelidade, da paixão e do desejo, em conflito com as regras do dever, do tempo e da sociedade. Yerma é a tragédia da mulher estéril. Já quanto a A Destruição de Sodoma, a morte prematura do poeta e dramaturgo impediu-o de levar a sua missão até ao fim, tendo apenas escrito o seu início, apenas ficando a salvo uma cena que, apesar de curta, contém um diálogo coral que revela aspectos globais do seu projecto trágico, o que nos deu pistas para uma apresentação que cruza as artes cénicas com as plásticas.

Ficha Artística

Encenação ANTÓNIO PIRES; Com ALEXANDRA SARGENTO, CAROLINA CAMPANELA, CAROLINA SERRÃO, FRANCISCO VISTAS, HUGO MESTRE AMARO, JAIME BAETA, JOÃO BARBOSA, JOÃO MARIA, MARINA ALBUQUERQUE, MARIANA BRANCO, SOFIA MARQUES, RITA DURÃO; Texto FEDERICO GARCIA LORCA; Tradução ORLANDO VITORINO e AZINHAL ABELHO (Yerma) LUÍS LIMA BARRETO (A Destruição de Sodoma) CECÍLIA MEIRELES (As Bodas de Sangue); Música PAULO ABELHO e JOSÉ AVELINO; Cenografia JOÃO NUNES e IÑAKI ZOILO (Yerma) JOÃO MENDES RIBEIRO (A Destruição de Sodoma) MANUEL AIRES MATEUS e SIA ARQUITECTURA (As Bodas de Sangue); Figurinos LUÍS MESQUITA; Desenho de luz RUI SEABRA; Desenho de som PAULO ABELHO; Movimento PAULA CARETO; Caracterização IVAN COLETTI; Assistência de Encenação MIGUEL BARTOLOMEU; Construção cenário FÁBIO PAULO; Costureira ROSÁRIO BALBI; Ilustração JOANA VILLAVERDE; Direcção de produção IVAN COLETTI; Administração de produção ANA BORDALO; Comunicação MARIA JOÃO MOURA; Produtor ALEXANDRE OLIVEIRA; Produção AR DE FILMES / TEATRO DO BAIRRO; Co-produção TEATRO MUNICIPAL SÃO LUIZ e GALERIA GRAÇA BRANDÃO. M/12

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

SONHO

Teatro & Arte | Teatro

Teatro do Bairro

Plateia Carmo