Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
PARAÍSO – DIVINA COMÉDIA

PARAÍSO – DIVINA COMÉDIA

Teatro & Arte | Teatro

Teatro Nacional D.MariaII

Sala Garrett
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
2022
fev
10
a
2022
fev
20

Próxima Sessão

11 fev 2022 21:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Promotor

Teatro Nacional D. Maria II

Sinopse

Quem procura o Paraíso não sabe que era amor o que Dante procurava. 


Quem procura o Paraíso não sabe que era amor o que Dante procurava. Amor? O amor pelo poder, que justifica a existência de Deus, reconhece o prazer megalómano da mente. O amor egocêntrico, que desagua no ódio ao outro, aumenta o prazer narcísico. O amor pelos outros, que tem a missão altruísta de apenas dar. O amor pelo movimento, que intensifica sensações e sentimentos viajantes. O amor carnal, que fertiliza o prazer de continuar vivo. O amor pelo conhecimento, que sustenta a curiosidade e o prazer de ver. O amor pela Arte, que enaltece o que é particular. Este é um Teatro que ama a representação. Nesta encenação de João Brites, Pedro Gil é um Dante solitário em diálogo interior com uma muito singular paixão e a plasticidade vocal de Sara Belo continua a dar corpo à inatingível Beatriz. Com eles estará uma surrealista banda de sopros que mistura o corpo das/os instrumentistas com os instrumentos como se fosse a obra inacabada de um ceramista louco. Este é um Teatro que ama o que é visual. Começou com a escadaria em espiral do Inferno, passou pelas afuniladas pontes do Purgatório e chega agora à suspensão flutuante do Paraíso. Que este espetáculo contribua para a investigação que se faz e continuará a fazer em torno do Paraíso que Dante

Ficha Artística

texto Miguel Jesus 
a partir de Dante Alighieri 
dramaturgia e encenação João Brites
com Pedro Gil e Sara Belo
músicos Ana Raquel, João Ferreira, João Gomes, João Pedro Silva ou Vasco Avença, Maria Felicidade, Mário Cabica, Miguel Oliveira, Patrícia Silva e Rodrigo Cardoso
participação especial Fabian Bravo, Maria Taborda, Nisa Eliziário, Rita Brito e Suzana Branco 
música e direção musical Jorge Salgueiro 
cenografia Rui Francisco 
figurinos e adereços Clara Bento
assistência de encenação João Neca
investigação histórica e apoio à teatralidade Susana Mateus
assistência de figurinos e adereços Catarina Fernandes
execução de figurinos Teresa Louro
desenho de som Miguel Lima 
desenho de luz Sérgio Moreira
desenho gráfico Maria Taborda
montagem Fátima Santos e Vítor Santos
produção executiva Inês Gregório e  Nisa Eliziário
produção Teatro O Bando
coprodução Teatro Nacional D. Maria II

O Teatro O Bando é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Cultura / DGArtes, apoiada pela Câmara Municipal de Palmela e parceira dos projetos europeus Play On e Connect Up.

M/6

Preços

  • Plateia - 16€
  • 1º Balcão - 12€
  • 2º Balcão - 9€

Descontos

  • Desempregados
  • Dia do espectador
  • Jovens (até 30 anos)
  • Pessoas c/nec. especiais
  • Prof. do espetáculo
  • Seniores (+ 65 anos)

Transportes Públicos

Metro - Linha Azul (estação Restauradores) / Linha Verde (Rossio)
CP - Estação do Rossio
Autocarros/eléctricos Carris - Restauradores/Praça da Figueira

Estacionamento

Restauradores
Praça da Figueira

-
Partilhar
Assinatura 10 espetáculos (2021/2022)
Assinatura 5 espetáculos (2021/2022)