A BOL usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. SaberMais/ Fechar
Distrito Sala
Detalhe Evento
SERÃO POÉTICO

SERÃO POÉTICO

Teatro & Arte | Poesia

Casa da Criatividade

Paços da Cultura
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2017
mar
25
Realizado

Duração

90 minutos

Abertura Portas

21:30

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Câmara Municipal de São João da Madeira

Sinopse

Num serão informal e mágico, conduzido pelo poeta José Fanha e pelo performer Paulo Condessa, a música e a poesia ganham forma pelas mãos e voz de grandes figuras do panorama cultural nacional.
A noite mais aguardada da Poesia à Mesa reúne este ano, no mesmo palco, a inconfundível voz do ator Alexandre de Sousa e a excêntrica guitarra portuguesa do músico Luís Guerreiro acompanhado à viola por Luís Pontes.

Ficha Artística

Alexandre de Sousa é um dos atores portugueses mais reconhecidos do grande público. Estreando-se como ator em 1964, no espetáculo Autos de Gil Vicente, encenado por Carlos Avilez, Alexandre de Sousa participou em vários espetáculos de teatro, em filmes e televisão ao longo da sua carreira.
Na televisão portuguesa deixou a sua marca em novelas como Feitiço de Amor, Doce fugitiva, O Anjo Selvagem, Passerelle, Dancin Days e Laços de Sangue. Participou também em séries como Liberdade 21, Os Jornalistas, O 25 de Abril, Os Polícias, Sim Sr. Ministro, Os Imparáveis, Ideias com História, Uma Cidade como a Nossa e Zé Gato.
Passou pelos teatros da Comuna, Grupo de Teatro Hoje (Teatro da Graça), Centro de Arte Moderna, Novo Grupo, Teatro da Trindade, Teatro Nacional D. Maria II, Companhia de Teatro de Almada e Teatro Maria Matos. Para além de ator foi também, em diversos momentos, encenador de teatro.
Participou como actor em filmes de François Luciani, Fernando de Almeida e Silva, Eric Voreth, Fabrice Caseneuve, Maurice Fridland, António da Cunha Telles, Bille August, Jorge Marecos, António de Macedo, Yves Boisset , José Fonseca e Costa, Marco Serafini, Fernando Lopes, Ken McMullen, Robert Mazoyer, Manoel de Oliveira, Léon de Winter, Christian Jacques, Pierre Kast, Dennis de la Patelière, Daniel de Challonge.
É licenciado em Línguas e Literaturas Modernas (Universidade Nova de Lisboa) e Mestrado em Estudos Portugueses e Brasileiros (Universidade de Sorbonne, Paris) com uma tese sobre " O TEATRO-ESTÚDIO DO SALITRE (1946 - 1950)".
Foi professor na Escola Superior de Teatro e Cinema e na Escola Superior de Música de Lisboa.

Considerado um dos expoentes máximos da guitarra portuguesa contemporânea, Luís Guerreiro acompanhou ao longo da sua carreira diversas fadistas, como Carminho e Mariza. Aos 10 anos de idade recebeu das mãos do pai a sua primeira guitarra começando aqui o seu gosto particular por este instrumento. Frequentou a academia de música em Alcoitão, onde conheceu o grande mestre António Parreira com quem teve aulas particulares.
Mais tarde tem a oportunidade de tocar no Forte Dom Rodrigo, inicialmente como convidado e, posteriormente, substituindo António Parreira sempre que este se encontrava ausente. Durante três anos consecutivos participa em concursos organizados pela Academia da Guitarra Portuguesa.
Passou por algumas das principais casas de fado de Lisboa, incluindo Adega Machado e tocou para fadistas como Maria Amélia Proença e Celeste Rodrigues.
Em 2001 dá o seu primeiro concerto individual no Centro Cultural de Belém, tocando a sua guitarra portuguesa. No mesmo ano, surge o primeiro contacto com a fadista Mariza, vindo a integrar de forma permanente o elenco de músicos da artista a partir de Fevereiro de 2003.
O trabalho de Luís Guerreiro encontra-se documentado no Museu do Fado, num painel onde se exibem as fotos dos virtuosos da guitarra portuguesa, e no documentário da BBC Mariza and the Story of Fado, realizado em 2005.

Estacionamento

Estacionamento subterrâneo a 50 metros

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Palavra Cantada

Música & Festivais | Infantil

Casa da Criatividade

Sala Principal

Núcleo de Arte da Oliva | Museu da Chapelaria

Teatro & Arte | Exposição

Núcleo de Arte Oliva

Núcleo de Arte Oliva